domingo , 22 outubro 2017
Home / Destaque / A ESCOLA GÊNIUS PRESTA UMA HOMENAGEM A CULTURA INDÍGENA BRASILEIRA

A ESCOLA GÊNIUS PRESTA UMA HOMENAGEM A CULTURA INDÍGENA BRASILEIRA

O desrespeito e a violência contra os povos indígenas lá em 1940 vinham desde 1500, quando os portugueses aqui pisaram.

Os povos indígenas no território brasileiro somavam em 1500 cerca de 5 milhões de pessoas. Em 1957, já estavam reduzidos a 125 mil indivíduos, dos quais 25 mil isolados.

A Escolinha Gênius Infantil presta uma homenagem aos índios de todo o Brasil, resgatando os seus valores  e a sua cultura desde os antepassados até os dias de hoje. O evento foi realizado pelos alunos do 3º Ano do ensino médio, visando o reconhecimento desse povo que ora está esquecido pelos governantes.

A estudante Letícia Peres (16), uma das idealizadoras do evento, explicou que a iniciativa é uma forma de manter vivo os costumes indígenas. “Nossos índios estão esquecidos pelo poder público, abandonados, mas nós não podemos esquecer dessa cultura e essa é a forma de mostrar nossa solidariedade”, explicou.

Vendo a necessidade que encontramos hoje no país de dá importância as culturas minoritárias ao estudar um capítulo na turma do 3º Ano  tivemos a ideia de realizar um evento prático na tarde de hoje (09). O 3º Ano substeve a incumbência de realizar esse evento, a ideologia principal é expor para os demais alunos do 2º Ano até o fundamental II na regressiva, valorizar a importância da cultura indígena onde eles puderam expor algumas atividades conserventes  ao índio ontem, como ele está hoje e quais serão as possíveis probabilidade dessa cultura para o futuro, disse o professor Edson Rodrigues. O professor também comentou com nossa reportagem que os alunos da Gênius tem uma capacidade de aprendizagem invejável, eles tem facilidade de interpretação, principalmente àqueles que iniciaram seus estudos desde o infantil até hoje, no caso a maioria deles tiveram essa aprendizagem e se comportam como filhos da família Gênius infantil, finaliza o professor.

Veja Também

MESMO COM GRANDE VOLUME DE JOGO SELEÇÕES NÃO SAEM DO ZERO ZERO

Cocal e São João da Fronteira empataram em 0 a 0 na tarde deste domingo ...